sexta-feira, 19 de setembro de 2014

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Workshop "A Integração hídrica da Região Metropolitana de São Paulo e o uso múltiplo das águas"

Confirme sua presença no Workshop "A Integração hídrica da Região Metropolitana de São Paulo e o uso múltiplo das águas" 
Mais informações: saneamento.ambiental@abimaq.org.br / (11) 5582-6370 (Raquel Reis ou Sandra Stelutti)

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

JPS realiza palestras para estudantes da Faculdade Oswaldo Cruz

O Programa Jovens Profissionais do Saneamento, da ABES-SP, marcou presença na Semana da Escola Superior de Química da Faculdade Oswaldo Cruz, que aconteceu entre os dias 9 e 12 de setembro.
O coordenador do JPS-SP, Roger Gregório, realizou duas palestras sobre o programa e a atuação da ABES-SP. “É importante preencher uma lacuna identificada no mercado pela carência de profissionais qualificados para atuar no setor de saneamento. E também há a necessidade de fazermos discussões, não só técnicas como políticas, em relação ao desenvolvimento nessa área. O network que a ABES proporciona é algo fantástico. E cada um de vocês deve estar buscando essa rede de relacionamentos. É a principal ferramenta de sucesso no mercado hoje”, explicou aos estudantes. A ABES-SP também esteve presente como expositora no evento.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Seminário de educação ambiental aceita inscrição de trabalhos até 30 de setembro

Podem participar projetos desenvolvidos em Santo André; selecionados apresentarão trabalhos em novembro
Santo André, 10 de setembro de 2014 – Professores, estudantes e outros profissionais idealizadores de projetos relacionados à educação ambiental na cidade têm até 30 de setembro para  se inscrever  no seminário “Educação Ambiental na Gestão e Conservação dos Recursos Hídricos - compartilhando saberes e práticas.  Os selecionados farão a apresentação durante o evento, que acontecerá nos dias 4 e 5 de novembro no Anfiteatro do Paço Municipal de Santo André e no Centro de Formação de Professores Clarice Lispector.
O seminário é organizado pela Escola de Formação Ambiental Billings em parceria com  a  Secretaria de Educação e o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André).  Segundo os organizadores, a iniciativa tem como objetivo compartilhar informações e experiências sobre os processos de educação ambiental na gestão e conservação dos recursos hídricos, abordando os principais resultados obtidos nos Projetos “Escola de Formação Ambiental Billings - Plano de Educação Ambiental”, desenvolvido pela Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense, e o “Reágua”,  programa estadual de apoio à recuperação das águas, no qual o  Semasa coordena as ações realizadas na cidade, além de outras experiências  educativas relacionadas ao tema.
A Escola de Formação Ambiental Billings é uma iniciativa da Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense, responsável pela administração da região de proteção e recuperação de mananciais de Santo André e  da Vila Ferroviária de Paranapiacaba. Mais informações sobre o seminário podem ser obtidas pelo endereço eletrônico eeambiental@santoandre.sp.gov.br, ou pelos telefones 4439-5022 ou 4439-5023.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Publicadas portarias sobre logística reversa de embalagens e lâmpadas

Foram publicadas no Diário Oficial da União de segunda-feira (5 de setembro) as Portarias nº 326 e nº 327 do Ministério do Meio Ambiente, que tornam pública a abertura dos processos de Consulta Pública das propostas de Acordo Setorial para implantação, respectivamente, de Sistema de Logística Reversa de Embalagens em Geral e de Sistema de Logística Reversa de Lâmpadas Fluorescentes de Vapor de Sódio e Mercúrio e de Luz Mista.
As contribuições e sugestões fundamentadas e devidamente identificadas deverão ser encaminhadas por meio do formulário eletrônico disponível no endereço http://www.governoeletronico.gov.br, no período de 00h00 do dia 15/9/2014 até às 23h59 do dia 15/10/2014.
Aberta para recebimento de sugestões por 30 dias, é um momento importante de participação dos sócios da ABES nas consultas públicas a essas duas propostas de acordos setorias. Em especial, no acordo setorial sobre embalagens em geral, cuja proposta foi apresentada por um grupo de coalizão composto basicamente por empresas privadas do setor. “Torna-se importante a articulação da ABES, por meio da Câmara Temática de Resíduos Sólidos (CTRS), para garantir que o acordo setorial final incorpore a real responsabilidade dos gerados, leia-se aqui indústrias e distribuidores, pela coleta seletiva e reciclagem desses materiais, e que a responsabilidade não recaia toda, novamente, sobre os municípios e os órgãos públicos de gerenciamento de resíduos sólidos”, ressalta o coordenador da Câmara Temática de Resíduos Sólidos, Geraldo Reichert.
Para coordenar esse debate, a CTRS abriu um grupo virtual de discussões. Os sócios da ABES que quiserem participar do processo de discussão desses temas podem se inscrever no Grupo através do sitehttps://br.groups.yahoo.com/neo/groups/Abes_CTRS/info ou enviar e-mail solicitando inscrição para  ctresiduossolidos@abes-dn.org.br.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

ABES-SP integra a 12ª edição do Diálogo Interbacias

A ABES-SP apoiou a 12ª edição do Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos, realizado entre os dias 1 e 4 de setembro em São Pedro, no interior de São Paulo. Com o tema “Água & Energia: contribuindo para o diálogo”, o evento, que vem sendo realizado desde 2003, integrando ações educativas dos Comitês das Bacias Hidrográficas, reuniu educadores, formadores de opinião, membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas, prefeitos, vereadores, técnicos de órgãos públicos e privados, ambientalistas e sociedade civil em geral.
Representando a ABES-SP, o engenheiro Luis Eduardo Gregolin Grisotto, membro do Conselho Diretor da entidade, participou do painel “O Desafio da Gestão em Situação de Escassez de Água”.
Em sua apresentação, comentou a respeito do atual cenário hídrico do estado de São Paulo. “Esta é uma crise inédita. Nos últimos oitenta e quatro anos nós não conseguimos enxergar uma crise tão aguda quanto esta, ou seja, é um fato inédito tanto no estado de São Paulo quanto em outras regiões do país, porque ela não se restringe apenas ao nosso estado, ela tem uma amplidão geográfica e, embora seja destacada a situação do Sistema Cantareira, nós sabemos e acompanhamos pelos noticiários inúmeros exemplos de outras regiões do país, diversos trechos que estão sofrendo com a seca.”
Grisotto também falou sobre o posicionamento da ABES-SP diante da atual situação. “A ABES entende que a gravidade e a importância desta crise são tão singulares que demandam medidas ainda mais drásticas do que as que já estão sendo realizadas. A entidade defende medidas mais severas, evidentemente, conforme o contexto e uma série de situações como a própria penalização sobre o desperdício”, completou.
O engenheiro também ressaltou o apoio da Associação ao Diálogo Interbacias. “É uma grande honra presenciarmos e apoiarmos o XII Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos. Naturalmente, a ABES é uma entidade presente, criada em 1966, portanto, está há quase 50 anos no país, sempre marcando presença nas discussões pertinentes ao planejamento, à gestão de recursos hídricos, ao meio ambiente, ao saneamento e a uma série de outras discussões correlatas. Sendo assim, não deixaríamos de participar de um evento tão relevante e importante como este, desta conversa aberta e franca, principalmente em um momento tão sensível e delicado o qual estamos atravessando.”
Luis Eduardo Gregolin Grisotto, no estande da ABES-SP no evento

O Diálogo Interbacias surgiu como esforço de integração de ações educativas dos Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Aguapeí e Peixe (CBH-AP), do Alto (CBH-ALPA), Médio (CBH-P) e Pontal do Paranapanema (CBH-PP), cujos representantes entenderam que a gestão descentralizada e participativa das águas deve permitir e incentivar a integração entre os gestores e comunidade.
Educadores, políticos e técnicos conversam e compartilham suas experiências, buscando sempre refinar os debates de Educação Ambiental em Recursos Hídricos. “É um grande desafio que se tornou o objetivo da integração dos  comitês com a Secretaria de Educação do estado. Nós avançamos muito e esta é uma iniciativa pioneira no país”, comentou a engenheira Suraya Modaelli, da comissão organizadora do evento.
Solenidade da abertura do XII Diálogo Interbacias


Curso de Projeto de Redes de Água Potável com uso de EPANET em combinação com Softwares GIS livres

Estão abertas as vagas para o "Curso de Projeto de Redes de Água Potável com uso de EPANET em combinação com Softwares GIS livres". Informações e reservas treinamento@abes-sp.org.br ou 11 38141872.